4 motivos que explicam a eficiência das MÍDIAS SOCIAIS

19 08 2010

Por Maria Fernanda

Primeiramente, gostaria de agradecer o acesso recorde de ontem. Obrigada!

Nosso assunto de hoje é um artigo publico por Sarah Hartshorn no blog americano SocialMediaToday. Adaptei o artigo e fiz algumas modificações. Sintam-se à vontade para corrigir meus erros ou comentar!

1. O ser humano possui uma forte necessidade de interagir com outros seres humanos

A constação acima é um fato, pois essa basicamente é a razão de sucesso das mídias sociais nos últimos anos. As marcas conseguem fidelizar e identificar suas imagens de maneira muito simples e de baixo custo. As pessoas compartilham informações de graça – facilitando o nosso trabalho de análise. Ainda não está convencido? Que tal os dados desta pesquisa então: 4,3% dos usuários do Facebook e 2,3% dos usuários do Twitter saíram dos sites destas redes sociais e foram para o site um grande varejo!

2. Marketing de ótimo custo-benefício

O marketing nas mídias sociais bem feito, não é de graça. É, no entanto, consideravelmente mais barato e inclui depoimentos fiéis e alto índice de feedback dos clientes. Sem falar na possibilidade de segmentação da publicidade on-line somente para o seu público-alvo. Trata-se de um dinheiro bem investido e com grande chance de retorno. E nem vou mencionar as possibilidades de métricas de retorno (ok, já mencionei…).

3. Construção de marcas fortes

Segundo pesquisa da ComScore e do GroupM em 2009, as mídias sociais representam um papel muito importante no quesito de buscas orgânicas e buscas pagas. A taxa de cliques (CTR – o número de cliques no anúncio dividido pelo número de impressões da página de anúncios que aparece quando um bloco de links é clicado, usado no Google no seu programa de Adwords e Adsense) aumenta em 50% quando os consumidores estão expotos a uma marca nasmídias sociais.
Dessa forma, percemos que as mídias sociais afetam positivamente o comportamento do nosso consumidor, e não há nada de mais importante para uma marca do que isso.

4. Tempo real

Outro ponto importante é a rapidez e facilidade de reação nas mídias sociais. É possível apartar crises na hora, como foi o caso do Extra quando veiculou uma propaganda na Copa do Mundo sobre a saída do Brasil – um dia após ele ter ganho as oitavas-de-final. O próprio Abílio diniz entrou em ação através do Twitter, pedindo desculpas e amenizando o problema.
Temos que pesar o lado negativo também, pois se alguém critica a sua marca, muita gente pode ficar sabendo em pouco tempo. Cabe administrar de modo inteligente essa nova possibilidade e adequá-la a cada caso.

@mfernandalp

@contextoweb

Anúncios