Compras coletivas: descontos e redes sociais

30 07 2010

compras coletivasNos últimos meses o Brasil foi bombardeado com o lançamento de diversos sites com propósitos semelhantes – as compras coletivas. O conceito é muito simples: oferecer grandes ofertas e descontos – principalmente de produtos e serviços regionais, desde que em quantidade.

Por exemplo, no site ClickOn são oferecidas cortes de cabelo no salão de beleza do Lazinho com desconto de 68%. Se um número mínimo de cortes não foi vendido ninguém efetua a compra. Dessa forma, os sites incentivam os usuários a divulgar a oportyunidade via web e redes sociais mobilizando muitas pessoas para conseguir o desconto. É a mesma idéia do, já antigo, Sam’s Club.

Algumas considerações sobre estas lojas:

  • SERVIÇOS: Percebemos que a maior parte das ofertas é de serviços. Por custarem nada em termos de logística e estoque, tornam-se muito convenientes para este tipo de negócio.
  • REGIONALIZAÇÃO: A maior parte dos sites de compras coletivas aparecem segmentados por cidades e regionalmente. A própria característica dos serviços que não em forma virtual estabelece essa necessidade.
  • GRANDES CIDADES E CAPITAIS: Estão presentes principalmente nas grandes cidades e capitais. Desnecessário inferir acerca do poder de consumo destas e melhor acesso a banda larga e móvel.
  • PRINCIPAIS SITES: Peixeurbano, ClickOn, Coletivar, Ofertadia, Agrupe, Zipme, entre outros.

Vale a pena ressaltar que a multiplicação desse tipo de negócio sugere-se sua atratividade devido aos custos baixos de logística e etc. Percebam como consumidores, no entanto, que é necessário avaliar bem a segurança do site, suas referências e acessos para não acabar em um site mais oportunista do que bem intencionado.
Aguardo sugestões de temas para o blog e obrigada pelos acessos constantes!

Peixe Urbano





Foursquare e o marketing por geolocalização

18 07 2010

por Ricardo Palma

Com o aumento do número de usuários de smartphones, surgem diversas ferramentas que tentam explorar suas funcionalidades. Uma muito interessante é o Foursquare. Trata-se de uma rede social parecida com o Twitter, porém voltada para celulares e que o foco é a geolocalização, ou seja, o usuário, cada vez que acessa, faz o check-in e diz onde está no momento. Além disso, é possível dar a opinião sobre o lugar e ver a opinião de outras pessoas que fizeram o check-in naquele mesmo local.

Quanto mais check-ins uma pessoa faz, mais pontos ela ganha, e se o check-in for feito frequentemente em um mesmo local, essa pessoa pode se tornar o “prefeito” desse lugar. Algumas empresas, vendo no Foursquare uma enorme oportunidade de marketing, começou a premiar quem se torna “prefeito” do local. É o caso da Starbucks, nos Estados Unidos, que dá um desconto para quem se torna prefeito.

No Brasil, ainda há poucos usuários, porém, como aconteceu com diversas outras redes sociais, é questão de tempo até a ferramenta emplacar e vermos ótimos cases de empresas brasileiras que utilizaram o Foursquare para alguma ação.

Atualmente, pessoas que possuem iPhone, BlackBerry, Palm e celulares com o sistema operacional Android, podem fazer download de um aplicativo para utilizar o Foursquare. Usuários de Symbiam (como eu) e outros sistemas, podem acessar o endereço http://m.foursquare.com diretamente do navegador.

Neste site há alguns estudos de caso interessantes do uso do Foursquare por empresas em outros países e abaixo uma apresentação explica bem como funciona o Foursquare:

Obs.: Entre os dias 23 e 27 de Julho, eu e a Maria Fernanda estaremos em Paris Buenos Aires e pretendemos fazer um teste com o Foursquare, fazendo o máximo de check-ins possível. Faremos reviews de todos os lugares que ofereçam wi-fi e vamos ver se alguma empresa já faz alguma ação utilizando o Foursquare. Caso queira acompanhar, me adicione: foursquare.com/user/ricardopalma_. Também prometo postar aqui os resultados e manter vocês informados da expansão do Foursquare no Brasil.





O gerenciador de redes sociais que todos deveriam usar

8 07 2010

por Ricardo Palma

Você ou sua empresa possui Twitter? Se tiver, você vai adorar conhecer o HootSuite. Com uma interface muito amigável e totalmente personalizável, o HootSuite é o aplicativo que faltava para gerenciar não só o Twitter mas diversas outras redes sociais, como o Facebook (Perfil pessoal e Facebook Pages), Linkedin, Foursquare, entre outros. Diversas empresas já aderiram ao HootSuite, tais como Los Angeles Times, Facebook e a própria Casa Branca, lar do presidente americano.

HootSuite

O HootSuite funciona no esquema de abas e painéis. Cada aba pode possuir até três painéis. No caso do Twitter, o meu HootSuite, por exemplo, possui 5 abas, pois faço o gerenciamento de duas contas e monitoro certas palavras chave que são do meu interesse. É possível também dar reply e retweet diretamente da interface do HootSuite. Enfim, é uma ferramenta que todos deveriam conhecer.

Aproveitando o espaço para vender meu peixe, deixar a dica para seguirem os autores do Contexto Web:





Sacks é comprada pelo grupo LVMH

7 07 2010

por Maria Fernanda

O maior e-commerce de produtos e beleza do país (Sacks) foi comprado pelo gigante mundial de marcas de luxo e beleza LVMH. O grupo internacional comprou 70% da empresa e é dono, hoje, de marcas como Veuve Cliquot, Moët Chandon e Tag Heuer. Segue notícia: Sacks é comprada pelo grupo LMVH.

Cabe ao pessoal interessado em negócios online, ficar atento ao mercado virtual da beleza e das possíveis oportunidades gerada por essa mudança de mãos.