As mulheres nas mídias sociais

23 08 2010

Por Maria Fernanda Lacerda

Que as mídias sociais são a bola da vez todo mundo sabe, mas até que ponto elas atingem cada segmento da população? Foi essa pergunta que a Sophia Mind, empresa especializada em inteligência e pesquisas sobre o mercado feminino, tentou responder com a pesquisa que vamos relatar a seguir.

A empresa mapeou o perfil da mulher brasileira que utiliza as redes sociais: as mais jovens de 18 a 25 anos são as mais assíduas – 97% acessa regularmente algum tipo de mídia social. Veja abaixo outros dados interessantes que a pesquisa trouxe à tona:

  • 90% das mulheres entre 32 e 60 anos afirmaram acessar alguma rede social freqüentemente;
  • O tempo médio de permanência nas redes é de 2 horas (informação que mais me espantou – trata-se de um tempo altíssimo!);
  • Entre as mulheres que trabalham em casa ou não trabalham, o tempo médio de uso das redes é maior;
  • O que elas mais fazem nas redes sociais? Comunicação com amigos/parentes, leitura sobre assuntos de interesse e atualização através de notícias.
  • 75% das usuárias de mídias sociais disseram estar cadastradas no Orkut;
  • Sonico e Facebook, aparecem logo atrás do orkut, respectivamente com 22% e 21% de respostas.
  • O Twittefoi citado por 21% das mulheres entrevistadas.
  • Mais de metade das mulheres já deixou de comprar algum produto devido à comentários lidos nas redes sociais.

As informações acima são de grande valia para as empresas que tem as mulheres como seu público-alvo. É preciso passar uma imagem coerente, satisfazer a maior parte das pessoas e controlar os comentários negativos, caso contrário seu concorrente que fizer a leitura certa destas mídias vai disparar na sua frente

Anúncios